Casa pronta: Eduardo Guinle com laudos em dia até 2018

Com esforço e dedicação de dirigentes e funcionários, o estádio Eduardo Guinle segue como um dos motivos de orgulho para a torcida do Friburguense. Após sofrer inúmeras reformas nos últimos anos, tais como colocação de cadeiras, alambrados, construção de novos portões, cabines de imprensa, ampliação do estacionamento, dentre outros, a casa do Tricolor da Serra está em plenas condições para receber as partidas. Recentemente, os laudos de liberação foram renovados até fevereiro de 2018.
Apesar de legalizado, a casa do Frizão deverá sofrer novos reparos em breve. De acordo com o gerente de futebol José Siqueira, o número de determinações muda a cada ano, e exige bastante trabalho para os clubes.
“Com o Eduardo Guinle está sim, tudo certo. Temos os laudos válidos e em dia até fevereiro de 2018, mas sabemos que as exigências mudam e aumentam de um ano para o outro. Já estou sabendo, por exemplo, que a área de circulação por onde o torcedor passa para ir para a arquibancada, que hoje é de um metro, terá exigência de 1,2 ou 1,4 metros. Então, a cada é uma mudança de lei, obra e, às vezes, isso acontece muito perto do campeonato. Sem contar que são obras que exigem tempo. Aí, quando se fala que o Friburguense não conseguiu um laudo ou não cumpriu uma exigência, parece desorganização. Mas na verdade não é. Acontece que a estrutura do nosso estádio é para cinco mil pessoas. É boa, organizada, segura, com pintura em dia, alambrado, mas a exigência da lei é compatível com arenas, que foram transformadas para a Copa do Mundo. Porém, se esqueceram desses estádios que poderiam também receber melhorias diversas naquele período. Mas priorizam colocar tudo dentro de uma Maracanã, de uma Arena das Dunas e outras, não priorizando outros estádios.”
Sobre o adiamento do início da série B, exatamente por conta do número de estádios inaptos, o dirigente afirma que o melhor para o Friburguense seria ter iniciado no último sábado (13). No entanto, lembra a importância da alteração para o bom andamento do campeonato. “Para o Friburguense seria bom estrear agora. Acho que estaríamos na frente dos demais, mas existe um produto que se chama segunda divisão. É um campeonato que precisa começar legal, e que vai ser bom pra gente por outro lado. Pra não ter esse desnível, o Friburguense está junto com todas as equipes, e para o bem da competição, esses 15 dias serão válidos.”

Postagens recentes

Deixe um comentário